São Paulo: (11) 3787-1960

Litoral: (13) 3228-2429

Espanhol
Inglês
Brasil
laudos on-line

Miopia

O que é?

A miopia ocorre quando o olho é mais longo do que o normal, o que faz com que os raios de luzes sejam focados muito antes na retina. É uma condição herdada e geralmente é descoberta na idade de 8 a 12 anos. Durante a adolescência, quando o corpo está crescendo rapidamente, a miopia fica pior. Mais tarde, entre os 20 e 40 anos, há pouca alteração. Para uma pessoa míope, objetos próximos são nítidos, mas objetos distantes ficam embaçados e difíceis de distinguir.

Sintomas

Um dos primeiros sintomas da miopia é dificuldade em enxergar objetos distantes. Em um grau mais avançado objetos próximos também perdem o foco, o que causa cansaço e incômodo.

É difícil identificá-la em seu estágio inicial, pois geralmente não se percebe a perda da visão. Além da visão turva, outros sintomas que ajudam no diagnóstico são: pestanejar constante, dores de cabeça e tensão muscular.

Tratamento

Fotorefrativos
São tratamentos de córnea feitos com a aplicação de luz laser ultravioleta (Excimer Laser), que tem a propriedade de evaporar pequenas quantidades de tecido da córnea, corrigindo miopia, hipermetropia, astigmatismo, sozinhos ou associados. Têm sido utilizados desde 1987 com este propósito. Sob anestesia local (colírio anestésico), o laser é aplicado confortavelmente direto sobre a córnea (PRK) ou no interior deste tecido, após uma microincisão (LASIK), para graus muito altos. O tempo médio de aplicação é de 20 segundos. Neste tempo, o laser remove, dependendo do grau a ser corrigido, de 20 a 100 micra (um centésimo de um milímetro) de tecido corneano.

Apresenta mais precisão de resultados quando comparado com o processo tradicional de realizar cortes na córnea (ceratomia radial). Os resultados obtidos são mais estáveis em longo prazo.

O que é Laser Femtosegundo?

É um laser que opera com pulsos extremamente rápidos, proporcionando um equipamento extremamente tecnológico, o que confere diversas vantagens sobre outros tipos de lasers, principalmente no que diz respeito à precisão e à segurança em procedimentos cirúrgicos.

Para que serve o Laser Femtosegundo?

O Femto tem diversas aplicações na oftalmologia:

  • Cirurgias refrativas;
  • Implantes de anéis intra estromais;
  • Transplantes de córneas.

Nas cirurgias refrativas, as quais visam corrigir os erros refrativos (Miopia, Hipermetropia e Astigmatismo), o Femto cria um flap fino separando os tecidos em uma determinada profundidade da córnea, sem nenhum corte e eliminando a necessidade de cortes com laminas. Outro laser, o Excimer Laser, realiza a correção da visão através da ablação do tecido da córnea de acordo com um padrão pré-estabelecido e exclusivo para cada paciente. O fl­ap é recolocado em sua posição original, sem vestígios visíveis de cirurgia no olho.

Femto Laser é Diferente.

Comparado a outros procedimentos, o Femto oferece muitas vantagens:

  • É confortável e indolor;
  • É mais seguro;
  • Traz resultados mais rápidos;
  • Não apresenta inflamação;
  • Produz menos efeitos colaterais.

FEMTO LASER é indicado inclusive em casos mais difíceis: graças à frequência extremamente alta dos pulsos do laser, as camadas da córnea são separadas com uma precisão inédita, criando um flap ultra fino. Portanto é eficaz em pacientes que anteriormente não eram candidatos à cirurgia a laser. Isto inclui pacientes com miopias altas e/ou com córneas finas.

Pós-operatório

No dia seguinte retira-se o curativo e inicia-se o uso de alguns colírios. Haverá necessidade de alguma restrição a esforços físicos por algum tempo. Em poucos dias a visão já se torna útil e se retorna às atividades normais. Muito provavelmente haverá necessidade do uso de óculos para leitura de perto.

Dependendo do tipo de aplicação (LASIK ou PRK) e da atividade do paciente, entre dois e cinco dias ele já está liberado para voltar às atividades diárias, sem curativo.
Paciente deverá utilizar um ou dois tipos de colírios por alguns dias (LASIK) ou semanas (PRK);
Evitar banhos de mar e esportes por alguns dias (LASIK) ou algumas semanas (PRK);
Deverá evitar esfregar os olhos e o excesso de luz solar;
Caso tenha dor, usará os analgésicos prescritos.

Resultados

Com essa aplicação de laser 98% das pessoas que fazem o tratamento ficam livres do uso de óculos. Os 2% restantes ficam parcialmente dependentes, porém com graus menores. Não há precisão matemática como em qualquer procedimento biológico.

Reintervenção
Para que se chegue aos resultados mencionados acima, cerca de 2% dos pacientes necessitam de reintervenções (aplicação de laser ou ceratomia). Estas são realizadas alguns meses após a primeira e normalmente a custos reduzidos para o paciente.

Complicações
Podem ocorrer 3 principais complicações: Hiper e Hipo Correções: Responsáveis pelos 2% de pacientes que não conseguimos livrar dos óculos totalmente.
Cicatrização anômala: Neste caso, uma fina camada de tecido cicatrizanticial (gaze) deposita-se na córnea impedindo parcialmente uma boa cicatrização. Normalmente desaparece espontaneamente. Em raros casos, precisa ser removido (com laser).
Infecção: Raríssima , pois a própria luz ultravioleta é esterilizante.

Responsável técnico: Dr. Jorge Mitre | CRM: 28420
Desenvolvido por Olivi Publicidade